Arquivo da tag: vitaminas

Absorção de Nutrientes: 7 passos para melhorar nossa nutrição

version en español

English version

Antes de iniciarmos uma viagem de expansão de consciência através dos micronutrientes (vitaminas e minerais – clique aqui para ler sobre micronutrientes) é importante entendermos como funciona o processo de digestão dos alimentos e da absorção, transporte e uso de nutrientes.

  1. Mastigação: os alimentos devem mastigar-se bem com os dentes para humidificá-los com a saliva producida e facilitar seu passo através do esôfago (evitar consumir líquidos ao comer sólidos e vice-versa).
  2. Digestão: quando chegam os alimentos ensalivados ao estômago se misturam com os sucos gástricos degradando os componentes para que possam ser absorvidos.
  3. Absorção: depois chegam ao intestino delgado onde se misturam com a bile, o suco pancreático e os sucos intestinales para finalizar a digestão e iniciar a absorção (evitar o uso de laxantes, pois podem reduzir a absorção de alguns minerais).
  4. Transporte: ao serem absorvidos nas paredes do intestino delgado, os nutrientes são transportados pelo sangue às células que os necessitam.
  5. Uso: os lípidos se transformam em triglicérides. Podem ser transformados no fígado e se depositam no tecido adiposo como reserva de energia. Os carboidratos são transportados como glicose para gerar energia. E os aminoácidos das proteínas passam à circulação geral para sintetizar proteínas estructurais e enzimas.

Como vemos a nutrición é uma integração de vários processos mecânicos e químicos. É importante que demos a nosso corpo o necessário para manter seu equilíbrio químico evitando os excessos. Para algumas pessoas o consumo de glúten pode comprometer o processo de absorção de nutrientes, por isto é importante moderar seu consumo. Podemos seguir estes 7 passos para melhorar a absorção de nutrientes:

  1. Evitar excessos em qualquer tipo de alimento.
  2. Consumir líquidos e sólidos a parte.
  3. Preferir o consumo de proteínas animais com vegetais ou de cereais e grãos com vegetais. Evitar incluir proteína animal, cereais e grãos na mesma refeição.
  4. Evitar alimentos que manifestem qualquer reação adversa no corpo.
  5. Dar preferência aos alimentos naturais (frutas, verduras, cereais).
  6. Mineralizar a água adicionando um pouco de bicarbonato, sal marinho ao gosto e limão.
  7. Consumir frutos secos e sementes (germinados se for possível).

O corpo humano é uma máquina extraordinária. Cada uma das células tem sua função e ao mesmo tempo faz parte do todo. Criemos novos hábitos para tratar melhor nossas células e manter nosso corpo saudável.

Com amor,
Ángel

version en español

English version

Mais Energia e Mais Nutrientes: 3 sementes ricas em ômegas e mais

version en español

English version

Já conhecemos a importância das proteínas em nossa dieta, devido à regeneração celular (clique aqui para ler o texto completo), e dos carboidratos, essenciais para gerar energia (clique aqui para ler o texto completo) no corpo.

Agora integramos a ação das gorduras necessárias. As gorduras são o macronutriente importante para formar a estrutura celular. No livro Nutrição Humana no Mundo em Desenvolvimento (disponível em Espanhol e Inglês no site da Organização das Nações Unidas Para a Agricultura e a Alimentação – FAO), o Professor de Nutrição Internacional, Michael C. Latham diz que as gorduras, lipídios, dão energia ao corpo, se se aumenta o consumo de alimentos ricos em gorduras saudáveis se pode diminuir o consumo de carboidratos, pois cada grama equivale a 9 calorías, que nos carboidratos representa 5 calorías menos por grama. A gordura serve como veículo que ajuda à absorção de vitaminas liposolúveis, sendo necessária para uma boa nutrição.

O corpo precisa que exista um consumo equilibrado entre os diferentes tipos de ácidos ômega 3, 6 e 9. Para isto devemos fazer mudanças inteligentes como evitar o uso de óleos, margarinas ou manteiga para cozinhar (ou usar azeite de oliva que suporta uma maior temperatura), consumir azeite de oliva a temperatura ambiente e aumentar o consumo de frutos secos. Vejamos alguns frutos secos para incluir em nossa dieta:

  1. Nozes
  2. Nozes de Macadamia
  3. Linhaça

Com um consumo inteligente de gorduras daremos ao nosso corpo um ambiente de desenvolvimento e energia com uma quantidade maior de nutrientes.

Com amor,
Ángel

FONTES:

version en español

English version