Arquivo da tag: palavras

Pensamentos e Emoções

version en españolEnglish version

Cada pensamento, emoção, palavra e ação tem uma intenção que nasce de nosso sistema de crenças, uma programação inconsciente com a que temos concordado para satisfazermos as necessidades que temos criado em nossa experiência.

Quando começamos a nos relacionarmos com o mundo, nossa programação está presente, nossa forma de pensarmos, sentirmos, agirmos e nos expressarmos é influenciada por ela, o que nos leva a construir desde a familiaridade de priorizarmos nosso prazer emocional.

Cada emoção se alimenta dos pensamentos presentes e de nossa programação inconsciente atrás deles, aquilo que os justifica. Desta maneira entendemos que para integrar a energia de nossas emoções negativas e positivas, é essencial instalarmos crenças que nos permitam conectar com nossa paz no presente.

A felicidade em um sistema de crenças, pode ser a tristeza em outro, a paz que sentimos no presente é um sinal de que estamos fazendo apenas nossa parte, respeitamos cada construção pessoal, encontramos nossa medida apropriada.

version en españolEnglish version

Comunicar

version en españolEnglish version

A comunicação é um aspecto muito importante em nossa vida, mais do que podemos pensar. Temos aprendido a nos comunicar de diferentes maneiras através de gestos, expressões, palavras e atos para transmitirmos o que pensamos e sentimos, a questão é aprendermos a nos comunicar da maneira mais apropriada para nós, pois cada um tem um mundo mental, sentimental e físico diferente, portanto é essencial conectarmos com nós mesmos para nos comunicarmos com tudo o que somos.

Quando percebemos a comunicação como uma ferramenta de construção, entendemos que é essencial trabalharmos nossa coerência entre o que sentimos, pensamos, dizemos e fazemos, pois cada um destes aspectos fortalece o que construímos.

Há momentos apropriados para nos comunicarmos, para mantermos o silêncio, para transmitirmos o que somos, para construirmos com tudo e todos ao redor, a comunicação é a forma de expressarmos nossa intenção, a partir daqui construímos nossa vida.

version en españolEnglish version

Transmutação do Ser: 4 aspectos para nos conectarmos com quem realmente somos

version en español

English version

Nossa vida é uma construção pessoal que pode ser inconsciente ou consciente. Tudo o que se manifesta é nossa responsabilidade, depende de nós decidir assumir isso de maneira consciente para nos conectarmos com quem realmente somos para desapegarmos de quem acreditamos ser.

Ser quem realmente somos é reconhecer que a responsabilidade sobre o que pensamos, sentimos e expressamos é nossa, as decisões de tudo o que existe em nossa vida tem sido tomadas por nós mesmos (embora às vezes não pareça, basta apenas uma decisão para mudar o presente). Para isso devemos ser o mais conscientes que possamos sobre nosso próprio sistema de percepção, entender como funciona nos leva a uma compreensão mais profunda de nós mesmos (clique aqui para comprar o livro 7 Níveis Para o Empoderamento Pessoal).

Para entender melhor quem realmente somos é necessário perceber, integrar e transformar conscientemente estes 4 aspectos:

  1. Crenças: os filtros que impactam nossa percepção do mundo.
  2. Emoções: reações que nos levam a tomar decisões de maneira mental e impulsiva.
  3. Ações: a maneira em que nos nutrimos, nos fortalecemos, focamos e usamos o corpo para nos expresarmos.
  4. Palavras: as opiniões e ideias que transmitimos.

Nossa verdadeira essência está em nosso estado de fluxo e paz, na medida em que ampliamos nossa perspectiva, escolhemos a mentalidade, o sentimento e a expressão mais alinhados à nossa verdade, nos tornando mais coerentes com nosso desejo de integração de coração (clique aqui para ler sobre coerência).

Contribuamos e sejamos autênticos, trabalhemos por um mundo mais consciente.

Com amor,
Ángel

version en español

English version

Contribuir Vs. Ajudar

version en español

English version

A reflexão sobre a maneira em que nos expressamos é essencial quando buscamos a transformação dos padrões em nossa realidade, por isso compartilho a análise de duas palavras que, a pesar de serem sinônimos, têm uma essência diferente que marca a diferença entre a intenção por trás das ações.

Quando prestamos atenção na maneira em que usamos a palavra ajuda, percebemos que partimos da base de que quem necessita ser ajudado carece de algo, por este motivo, últimamente, tenho decidico usar a palavra contribuir, pois significa dar a parte que nos corresponde onde estamos, assim entendemos que todos temos o necessário para fazer o que nos corresponde, como uma célula devemos assumir a responsabilidade por nossa função, trabalhando em conjunto con as outras células que têm sua maneira e medida apropriada de contribuição.

Nossa experiência como indivíduos sociais pode ser abordada desde diversas perspectivas, temos estado muito tempo focando nossa energia em crenças como a desigualdade (inferioridade/superioridade) e emoções como a pena, é hora de que abramos o coração e nos conectemos com nossa verdade, percebermos que todos somos seres capazes e responsáveis de nossa própria existência, que apenas necessitamos canalizar nossos esforços em nossos talentos pessoais focados num propósito comum de construirmos desde o coração.

A partir de agora escolhamos a maneira mais consciente de contribuirmos, de darmos o que nos corresponde e recebermos com gratidão o que lhe corresponde a cada célula deste grande organismo, desta maneira o funcionamento se torna mais eficiente, pois o fluxo de energia aumenta e nos permite agir como um time, no que conhecemos nossa própria responsabilidade e fazemos o que nos corresponde com convicção.

Lembremos-nos de que nossa sociedade é um reflexo de quem somos, uma sociedade mais íntegra depende da integridade de cada um de nós, desde os pequenos detalhes.

Com amor,
Ángel

version en español

English version