Arquivo da tag: modelo mental

Integridade

version en español
English version


Além dos modelos existentes, com os que nos identificamos tentando encaixar na sociedade, está nossa integridade. Para experimentarmos a integridade em nossa vida, é essencial ampliarmos nossa percepção sobre alguns assuntos, pois só assim podemos aceitar-nos como realmente somos e construir desde nossa paz.

Nossa mente abraça o que achamos bom e rejeita o que achamos ruim. Isto é diferente para cada um de nós, por exemplo, podemos ter nascido numa família que consideramos boa e nos apegamos a ela e outros numa família que consideram ruim e a rejeitam, inclusive há filhos dos mesmos pais que se apegam ou rejeitam desde sua própria percepção e sua busca de aprovação externa.

Quanto mais nos conhecemos, melhor entendemos o papel de nossa mente. O que num momento consideramos bom e nos gera apego, em outro momento podemos considerá-lo ruim e rejeitá-lo, portanto, a única identidade verdadeira vem da aceitação de tudo o que somos para podermos decidir desde nosso verdadeiro desejo de paz no presente.

Para vivermos desde a integridade, nossa mente deve estar receptiva para entendermos o que acontece como é e a partir do sentimento de paz decidirmos a maneira mais apropriada de agirmos no presente. Isto quer dizer que aceitamos tudo o que consideramos bom e ruim em nós e o integramos da maneira mais apropriada no contexto em que estamos.

Nossa vida pode ser percebida como um todo, quando decidimos ser transparentes, coerentes com nossa paz e respeitosos com nosso espaço e recursos em todos os níveis, construimos tudo a partir daí, essa é a base de nossa autoconfiança e da construção integrada de nossa própria experiência.
version en español
English version

Mente Pacífica

A forma em que experimentamos nossa vida está em nossa mente. Quando damos atenção a cada pensamento em nossa mente, entendemos os motivos pelos quais vivemos desse jeito. Quanto mais pensamos em algo, mesmo gostando ou não, mais disso é manifestado em nossa vida, mas, e se focarmos nossa mente na construção da paz?

Uma mente pacífica está sempre presente para perceber tudo como é. Entende que podemos aprender no nosso próprio ritmo nos expressando alinhados com nossa paz no presente.

Percebendo nossa mente, a conhecemos e aprendemos a lidar com ela de acordo com nosso momento presente e o que é apropriado para processarmos, estamos abertos para criarmos nossa maneira pessoal de integrá-la a nossa experiência. Estas ações são essenciais para uma mente pacífica:
  1. Concentrarmos nossa mente em nossa respiração.
  2. Escutarmos a todos.
  3. Ativarmos nossa mente no modo percepção.


Mudarmos para a realidade de aprendizado infinito é essencial para alinharmos nossa mente ao nosso propósito de paz. Uma mente que entende que somos únicos como parte de tudo, se alinha a si própria ao que é realmente apropriado para contribuir através do aprendizado.

Instinto, Intuição e Propósito

version en españolEnglish version

Para construirmos tudo em nossa vida, é essencial que comecemos a expressar-nos mais alinhados com nosso propósito de paz, pois isso potencializa a integração de tudo o que somos para construirmos a sociedad em paz com a que sempre sonhamos. Quando investimos nossos recursos em pensamentos e expressões coerentes com esse sonho, com seu significado apropriado, damos mais energia àquilo que queremos, assim os resultados são cada vez mais evidentes.

Como sociedade temos usado o termo instinto, que por definição é uma reação animal de conservação, para justificarmos nossas decisões, o que em algum momento, em que não sabíamos comunicar-nos e respeitar-nos, pode ter sido útil, mas que hoje em dia podemos mudá-lo pelo uso da palavra intuição, que é a faculdade de entendermos as coisas instantâneamente. Agora que podemos focar em construirmos desde uma comunicação mais transparente e relacionamentos mais autênticos, podemos confiar em nossa intuição para continuarmos nosso desenvolvimento sustentável.

Este caminho de construção é uma série de decisões que nos leva a projetar o estado de nossa vibração atual, com os elementos conscientes e inconscientes, por este motivo, quando nosso desejo é a paz universal, é necessário integrarmos o pensamiento constante do desejo de manifestarmos essa paz que vem de aceitarmos nossa essência, isto programa nosso inconsciente, para que estejamos cada vez mais alinhados a nossa integridade, e guia nossa intuição para manter-nos sempre por esse caminho de infinito aprendizado desde tudo o que potencializa nossa paz no presente.

Na medida em que, como indivíduos sociais, fazemos da paz nosso propósito comum, o resto dos recursos se transformam no meio para chegarmos à paz, alguns precisam ser ajustados, outros apenas potencializados, mas, no fim, tudo nos ensina que a integração é inerente ao propósito da paz (clique aqui para ler sobre ativarmos nosso modo propósito).

Com amor,
Ángel

Contato:

Email: empowered.angel@outlook.com

Artigoshttps://pt.empoweringangle.com/category/angel/
Linkedinwww.linkedin.com/in/empoweredangel
Instagramhttps://www.instagram.com/empowered.angel/
Facebookhttps://www.facebook.com/empowered.angel0/

version en españolEnglish version

Focando Nosso Fanatismo

version en españolEnglish version

Ao longo de nossa vida temos tido a oportunidade de percebermos como o fanatismo tem sido usado como ferramenta de segregação, mesmo tendo o potencial de ser usado desde a integração. Nosso desejo de termos a razão sobre o que acreditamos gera conflitos, pois todos vivemos nossa experiência desde perspectivas diferentes, então, se realmente queremos construir paz, é essencial que exercitemos a ideia de sermos fanáticos do que nos une para nos integrarmos como indivíduos sociais: nossa integridade.

Vejamos alguns aspectos para focarmos nosso fanatismo na nossa integridade pessoal, integrando a ciência das coisas e nossa experiência pessoal:

  1. Conheçamos nosso corpo: através de nossa vontade, exercitamos todo nosso corpo, por isso ao conhecermos melhor como funcionam as células e sua nutrição (clique aqui para ler o texto sobre regeneração celular), os músculos, os ossos, as articulações, e suas respectivas funções integradas, podemos transformar nossa nutrição, para construirmos nossa saúde e melhorarmos nossa disposição, independente da idade. Lembremos-nos de que para que haja funcionamento deve haver manutenção e uso constantes.
  2. Entendamos nosso mundo mental: aquilo no que acreditamos sempre pode ser transformado, então, tudo o que pensamos nos produz tranquilidade?, se a resposta é não, é momento de analizarmos e transformarmos nossas crenças de uma forma que nos levem a construir a partir das diferenças  (clique aqui para ler o texto sobre reprogramarmos nossos pensamentos).
  3. Transformemos nossas emoções: as emoções nos fazem reagir perante o mundo, ao reconhecermos o que sentimos dentro cada vez que estão presentes, e aceitá-las, podemos construir sentimentos que nos permitam conectarmos com o respeito, para agirmos de uma maneira mais apropriada (clique aqui para ler o texto sobre sublimação de emoções).
  4. Construamos nossa expressão: uma comunicação transparente, coerente e íntegra, requer uma construção consciente e constante onde integramos o que sentimos, pensamos, dizemos e fazemos para projetarmos nossa intenção de construirmos paz. Isto se faz através do autoconhecimento e do exercício de agirmos alinhados ao nosso propósito em todas as áreas de nossa vida, enquanto investimos em nossos talentos pessoais (clique aqui para comprar o livro 7 Níveis Para o Empoderamento Pessoal que nos mostra como exercitar nossa integridade).

Exercitando o fanatismo por nossa integridade, começamos a perceber como o mundo ao nosso redor se transforma, já que, ao focarmos na integridade, a maneira em que interagimos é transformada também (exercitamos o respeito, a transparência e a coerência com nós mesmos, expandindo nossa intençõ além do que poderíamos imaginar).

Como a cada um de nós nos funcionam coisas diferentes, aprendemos a respeitar os outros procesos e inclusive a integrá-los se sentimos que fazem diferença em nossa própria vida. Desta maneira o fanatismo o usamos para reconhecermos o que nos constrói e aplicá-lo efetivamente em nossos hábitos pessoais, sem necessidade de querermos impô-lo aos demais. 

Com amor,
Ángel

Contato:

Email: empowered.angel@outlook.com

Artigos PEAhttps://pt.empoweringangle.com/category/angel/
Linkedinwww.linkedin.com/in/empoweredangel
Instagramhttps://www.instagram.com/empowered.angel/
Facebookhttps://www.facebook.com/empowered.angel0/

version en españolEnglish version