Arquivo da tag: identidade

IDENTIDADE

version en españolEnglish version

Buscando respostas podemos encontrar informação que nos parece mais familiar de acordo com nossa própria experiência, mas, além do que os outros podem transmitir-nos, está nossa própria identidade.

Nossa identidade é a integração de nosso propósito de paz, a coerência entre nosso sentimento de paz total, o que pensamos e nossa expressão. Ao entendermos isto a certeza de que já pertencemos a nós mesmos e a tudo o que existe fortalece nossa confiança em cada uma das decisões que tomamos desde nossa própria paz interior.

Este livro é uma reflexão para identificarmos em nós mesmos nossas prioridades de construção para vivermos a paz que queremos em tudo em nossa vida.

Integridade

version en español
English version


Além dos modelos existentes, com os que nos identificamos tentando encaixar na sociedade, está nossa integridade. Para experimentarmos a integridade em nossa vida, é essencial ampliarmos nossa percepção sobre alguns assuntos, pois só assim podemos aceitar-nos como realmente somos e construir desde nossa paz.

Nossa mente abraça o que achamos bom e rejeita o que achamos ruim. Isto é diferente para cada um de nós, por exemplo, podemos ter nascido numa família que consideramos boa e nos apegamos a ela e outros numa família que consideram ruim e a rejeitam, inclusive há filhos dos mesmos pais que se apegam ou rejeitam desde sua própria percepção e sua busca de aprovação externa.

Quanto mais nos conhecemos, melhor entendemos o papel de nossa mente. O que num momento consideramos bom e nos gera apego, em outro momento podemos considerá-lo ruim e rejeitá-lo, portanto, a única identidade verdadeira vem da aceitação de tudo o que somos para podermos decidir desde nosso verdadeiro desejo de paz no presente.

Para vivermos desde a integridade, nossa mente deve estar receptiva para entendermos o que acontece como é e a partir do sentimento de paz decidirmos a maneira mais apropriada de agirmos no presente. Isto quer dizer que aceitamos tudo o que consideramos bom e ruim em nós e o integramos da maneira mais apropriada no contexto em que estamos.

Nossa vida pode ser percebida como um todo, quando decidimos ser transparentes, coerentes com nossa paz e respeitosos com nosso espaço e recursos em todos os níveis, construimos tudo a partir daí, essa é a base de nossa autoconfiança e da construção integrada de nossa própria experiência.
version en español
English version