Arquivo da tag: energia

Ressoa?

version en españolEnglish version

A paz é um sentimento do que podemos estar conscientes. Sempre está dentro de nós e, quando o percebemos, podemos tomar decisões que realmente ressoam com ele em nosso presente.

Assim como a paz vibra e ressoa com determinadas pessoas, ambientes e situações, nossos pensamentos e emoções também fazem isso, portanto é essencial percebermos a que estamos dando prioridade em nossa vida.

Nossa paz pode ser construída e mantida, de maneira consciente, decidindo sempre pensarmos, sentirmos, dizermos e fazermos o que ressoa com ela no presente. Nossa coerência pessoal fortalece nossa paz.

Que sentimos quando pensamos em paz? Esta resposta é o norte de nossas decisões para construirmos nossa paz interior e projetarmos ela em nossa realidade.

version en españolEnglish version

ENERGIZAR: Construção Presente

Sempre é tempo de ampliarmos nossa percepção e conhecermos mais sobre nossos próprios processos energéticos, pois só quem conhece sua própria energia pode tomar as decisões mais apropriadas para construir desde sua paz interior.

Tenho escrito este livro durante meu próprio processo de identificação daquilo que me energiza no presente e que, consequentemente, me leva a investir minha energia da maneira mais apropriada possível desde meu propósito de contribuir como indivíduo social desde minha paz.

Nas quase 20 páginas, encontramos informação que podemos integrar para nos fazermos mais conscientes do uso de nossa própria energia desde nossas emoções até nossa nutrição.

Lembrando de que cada uma de nossas decisões constrói nosso destino, entendemos a importância de tomarmos decisões alinhadas à nossa paz, pois é desse jeito que entre todos construimos a paz mundial que queremos. Energia, nutriçao, respiraçao, decisões, tomada de decisões, investimentos, indivíduos sociais, paz, conhecimento, emoções, presença

Energia Sexual

version en español
English version
Entendermos e conhecermos nossa energia sexual é essencial para reconhecermos a intensidade de nossas motivações e nos tornarmos conscientes do resultado que obtemos, de acordo com a maneira na que a canalizamos.

A energia sexual pode ser melhor entendida como energia criativa, é a energia que começa a se expandir quando tem sido estabelecido um propósito, e seu nível de manifestação está diretamente relacionado à intensidade com a que corremos atrás do que desejamos e à segurança que sentimos a partir da confiança que temos em nossa capacidade de construirmos.

Nossa energia sexual pode ser trabalhada desde o instinto animal humano (necessidade) e desde a intuição e conexão com nosso coração (abundância), este último representa a sublimação do primeiro e é alcançado a partir de um trabalho de reconhecimento e integração de nossos mundos mental, emocional e físico (se quiser aplicar este proceso que compartilho no livro 7 Níveis Para o Empoderamento Pessoal pode comprar o livro fazendo clique aqui).

Canalizamos a energia sexual/criativa desde nosso sistema de crenças, tudo o que está instalado em nossa mente, de maneira consciente e inconsciente, direciona a energia para colocá-la em ação. Cada decisão tomada é parte da construção de nosso propósito.

Conectarmos com nosso propósito de paz nos faz avaliar nossas decisões e ações habituais para transformá-las em passos para construirmos a paz interior no exterior a partir de nossa autenticidade.

Com amor,
Ángel

Email: empowered.angel@outlook.com https://pt.empoweringangle.com/category/angel/
Linkedin: www.linkedin.com/in/empoweredangel
Instagram: https://www.instagram.com/empowered.angel/
Facebook: https://www.facebook.com/empowered.angel0/

Família

version en español
English version

É essencial que entendamos a definição de certas palavras para experimentarmos seu significado como realmente é, isto pode nos transformar e nos conectar mentalmente com nossa paz.

Segundo o dicionário Michaelis, família é um grupo de pessoas unidas por convicções, interesses ou origem comuns. Seguindo ao pé da letra esta definição, podemos entender que todos somos família, pois temos em comum o mesmo planeta de origem.

Tenho conhecido muitas situações de pessoas que quando se conhecem se sentem em casa, que têm afinidade muito profunda com pessoas que não imaginavam que poderiam se relacionar en níveis altos de intimidade mental, sentimental e física, e que têm entendido que família somos todos.

Para potencializarmos nossa paz devemos aprender a decidir no presente o que é mais apropriado para nossa construção desde a integridade, isto inclui todo tipo de relacionamentos, alí onde nos sentimos livres de expressarmos nossa verdade de coração é onde devemos investir nossa energía.

Com amor,
Ángel

7 Níveis Para o Empoderamento Pessoal – eBook para impressão

version en español

English version

Através do processo para reconectar com minha paz interior, tenho chegado à conclusão de que para manifestarmos a paz que queremos no mundo, é essencial nos conhecermos de verdade para potencializarmos nossos talentos e nos integrarmos na medida apropriada ao contexto, assim contribuímos, de maneira autêntica, à construção de uma sociedade de integridade.

A partir dos processos que tenho acompanhado, e aos que tenho contribuido, tem nascido a ideia de transmitir de maneira simplificada o conhecimento que tenho integrado, e do qual sou exemplo, no livro 7 Níveis Para o Empoderamento Pessoal, que, em aproximadamente 100 páginas, integra exercícios práticos, momentos de reflexão pessoal e uma percepção integral de nossos aspectos como seres humanos (mundos mental e emocional integrados ao contexto social), focando nossa energia, para nos desenvolvermos como indivíduos sociais (clique aqui para ler uma parte da introdução do livro).

Cada capítulo é um nível que nos leva a entender com mais profundidade a conexão que há entre nosso sistema de crenças, nossas emoções, nossos sentimentos e nossa autenticidade, para que integremos tudo, da maneira mais apropriada, à expressão integral de nossa essência, e assim, fortalecermos nossa coerência desde nosso coração, nossa paz interior.

Somos a integração de várias dimensões, necessitamos encontrar nossa medida apropriada para contribuirmos como parte do todo, agradecermos, aceitarmos e potencializarmos a autenticidade em unidade.

Para adquirir o livro eletrônico para impressão, clique aqui

O livro inclui uma dedicatória personalizada.

Com amor,
Ángel

version en español

English version

Almas Gêmeas

version en español

English version

Devido ao impacto que pode ter a ideia de que exista uma alma gêmea, é importante que ampliemos nossa percepção sobre o assunto, para podermos entender que é essencial sabermos quem somos e o que queremos antes de nos comprometermos com outra pessoa. Quando entendemos que somos completos e que percebemos nos outros fragmentos de nós mesmos, entendemos que, no momento apropriado, podemos decidir comprometer-nos com uma pessoa que decida comprometer-se conosco, com a convicção de que podemos potencialzar-nos, um ao outro, enquanto construímos juntos, já que trabalhamos pelo mesmo propósito desde nossa própria autenticidade.

Dependendo da fase da vida em que estamos, conscientes ou não de nosso mundo mental, emocional e sentimental, temos diferentes almas gêmeas, isto é, pessoas que vibram, pensam e agem parecido conosco e que decidimos manter em nossa vida por questões que deveríamos avaliar constantemente, o que não quer dizer que vamos permanecer nesse estado a vida toda. Quem quer manifestar um relacionamento que potencializa a paz, pode considerar estes aspectos (clique aqui para ler sobre manifestar o relacionamento que desejamos):

  1. Fortalecermos nossa paz: quando tomamos decisões baseadas no que aumenta nossa paz conseguimos aprender desde a reflexão, o que fortalece nosso estado natural e nos conecta com as pessoas apropriadas para nos alinharmos com nosso coração.

  2. Expressarmos nossa autenticidade: saber quem somos em essência, e expressá-lo, é essencial, pois só assim os relacionamentos se constroem sobre uma base sólida e transparente.

  3. Entendermos que cada relacionamento é único: todos somos diferentes, portanto, todos os relacionamentos são diferentes. Ao percebermos isto, nos damos a oportunidade de começarmos o relacionamento do zero e de construirmos juntos o que nos traz paz como casal.

Quando decidimos transformar-nos em nossa versão mais íntegra, percebemos a importância de que nosso talento integrado ao contexto seja permeado pela transparência (clique aqui para ler sobre exercitarmos a transparência), a coerência (clique aqui para ler sobre coerência), o respeito (clique aqui para ler sobre o respeito) e a integridade, pois, a partir destes aspectos, construímos bases sólidas para potencializarrnos uns aos outros. Podemos decidir deixar de procurar uma alma gêmea que nos complete e começar a nos transformarmos na alma gêmea que nos potencializa para nos reconhecermos no outro e podermos construir a familia íntegra que queremos, desde a consciência.

Com amor,
Ángel

version en español

English version

Potencializando Nossa Respiração

version en español

English version

A respiração é uma parte essencial de nosso processo de nutrição, já que o oxigênio que entra em nossos pulmões é transportado a todas as células de nosso corpo para efetuar o processo de respiração celular, que ocorre nas mitocôndrias, e que, através da oxidação dos nutrientes dados ao corpo a partir de nossa nutrição (clique aqui para ler sobre micronutrientes e regeneração celular) produz a energia que nosso corpo precisa para manter nossas funções vitais e permitir-nos pôr nossa criatividade em ação (clique aqui para ler sobre criatividade desde a sublimação).

Na medida em que conhecemos melhor nosso corpo conseguimos entender que há uma maneira mais apropriada de respirarmos para aproveitarmos o 100% de nossa capacidade pulmonar e aumentarmos nossos níveis de energia comendo apenas o apropriado para nosso momento (clique aqui para ler sobre nutrindo mais comendo menos). Seguindo estes simples passos podemos potencializar nossa respiração:

  1. Posição: a posição mais apropriada para uma respiração mais eficiente é mantendo as costas retas, seja deitados ou sentados, com os ombros abertos e o abdômen contraído.

  2. Inalação: para uma respiración mais eficiente é essencial inalarmos o ar pelo nariz (para quem tem tido rinite e tem se acostumado a respirar pela boca é necessário voltar aos poucos a acostumar o nariz para que o ar se abra o espaço que lhe pertence dentro da vía aérea nasal clique aqui para ler sobre como me livrei da rinite), pois o nariz serve como filtro do ar que respiramos.

  3. Movimento externo: na medida em que vai entrando o ar nos pulmões o movimento externo de expansão deve começar na parte alta do abdômen (onde está o diafragma) e expandir-se até o esterno (expandindo o peito e mantendo os ombros quietos), quando sai o ar o movimento de contração começa no esterno e finaliza na parte alta do abdômen.

  4. Exalação: quando temos expandido totalmente o esterno podemos iniciar uma exalação lenta pelo nariz.

Para aumentarmos nossa capacidade pulmonar podemos fazer esta respiração nasal completa contando os segundos enquanto inalamos, mantemos o ar, exalamos e esperamos para iniciar o processo de novo. Na medida em que aumentamos a quantidade de segundos nestes processos percebemos um aumento de nuestra tranquilidade e de nossa energia pessoal e criativa. A ideia é mantermos esta respiração em todo momento, então precisamos integrar esta práctica para percebermos seu efeito em todas as áreas de nossa vida.

Com amor,
Ángel

version en español

English version

Manifestando a Verdade de Nosso Coração

version en español

English version

Na medida em que crescemos e nos conhecemos com mais profundidade através de nossas decisões e experiências, conseguimos identificar aquilo que nos mantém em nossa paz e o que nos tira dela, seja positiva ou negativamente. Este processo de autoconhecimento e autoanálise é essencial para aprendermos a identificar a verdade de nosso coração e a “verdade” que vem de nosso sistema de crenças (que tem construído nosso mundo emocional de maneira inconsciente, e muitas vezes bastante desalinhado de nosso coração, principalmente pela crença da separação).

Assim como podemos conectar-nos com o que nossa mente acredita que é nossa realidade (pertencer a extremos para segregar pelo desejo de competir e comparar), podemos conectar-nos com a sabedoria integral de nosso coração, aquela que nos leva a agir desde nossa paz para aprendermos de maneira objetiva sobre nossa experiência desde nossa percepção pessoal, desde a integridade, alinhada ao contexto, colocando nossa mente à sua disposição, para construirmos desde a autenticidade em unidade, e efetivamente contribuirmos.

Para manifestarmos a verdade de nosso coração é essencial que nos conectemos conscientemente com nosso sistema perceptivo, aqui compartilho estas simples ações que podemos integrar para entender que nossa vida depende menos das opiniões pessoais (de nós e dos outros) quando a vivemos desde a transparência, o respeito, a integridade e a coerência:

  1. FLUIRMOS COM CONSCIÊNCIA: para fluirmos com consciência é necessário que instalemos a crença de agirmos desde a integridade, a coerência, o respeito e a transparência, pois dessa maneira sintonizamos nossa mente com a frequência vibratória do coração. Tendo esta crença, que potencializa nosso coração desde a mente, necessitamos perceber os sinais que recebemos através de nosso sistema perceptivo e ir fluindo onde sentimos verdadeira paz (se temos muitas opções, é necessário aumentarmos nossa afinação com o coração, para isto há um exercício que tem sido útil para mim [clique aqui para aprender o exercício de integração de emoções], pois integra as vibrações de emoções e pensamentos, que geram distração em qualquer extremo, para voltarmos a nosso centro).

  2. AJUSTARMOS NOSSA COERÊNCIA: nosso coração sabe que tudo o externo é um reflexo do interno, que nos mostra se é necessário fazermos um ajuste ou se estamos no caminho apropriado para nós, por isto, para potencializarmos a sabedoria de nosso coração através da mente, devemos instalar a crença de que tudo o que julgamos, u opinamos, positiva ou negativamente, é um reflexo de nós que nos permite aprender e ajustar nossa vibração desde nossa experiência pessoal. Por exemplo, queremos paz e responsabilizamos tudo ao redor porque ela não se manifesta, mas estamos cheios de conflitos internos, portanto, a ausência de conflitos externamente só se manifesta quando temos encontrado nossa paz interna, que é aceitarmos e integrarmos tudo o que realmente somos ao contexto social em que estamos, como agentes construtores, parte do todo. Aqui podemos integrar de novo o exercício do ponto anterior para entendermos desde nossa paz o que precisamos ajustar em nossos pensamentos, sentimentos e expressão (clique aqui para ler sobre nossa coerência).

  3. ALINHARMOS NOSSA EXPRESSÃO: para alinharmos nossa expressão à frequência vibratória do coração é necessário exercitarmos maneiras diferentes de nos expressarmos, escutarmos com total presença, comunicarmos apenas o que temos certeza de que contribui à construção externa de nossa paz interior, no momento presente, focarmos nossa atenção em conhecermos a nós mesmos e fazermos o mais apropriado desde nossos talentos e habilidades pessoais. Instalarmos a crença de que nossos pensamentos, sentimentos e palavras são poderosos, nos permite perceber a importância de alinhá-los desde um propósito que permea todas as áreas de nossa vida, para potencializar o desejo de nosso coração com toda a intenção.

  4. EXERCITARMOS A AUTENTICIDADE EM UNIDADE: esta é a crença mais importante de todas, pois fortalece nosso discernimento para encontrarmos a medida apropriada de tudo em nossa vida, prepara nossa mente para perceber a conexão entre todo e todos, para construirmos o respeito desde nossos hábitos, para relembrar que todas nossas decisões têm um impacto no sistema, no todo. Expressando quem realmente somos, as barreiras existentes começam a cair, e só o verdadeiramente essencial para nossa vida se mantém e revela seu perfeito propósito em nossa existência (clique aqui para ler sobre conexão com a neutralidade).

A verdade de nosso coração se expressa normalmente em certo grau de inconsciência misturado com nossos modelos mentais e emoções, depende de nós potencializá-la desde nossa mente e estar conscientes de agirmos fomentando a integração em todas as áreas de nossa vida, pois desta maneira expandimos esse modelo à sociedade, através de nosso exemplo, e criamos maneiras mais conectivas de nos relacionarmos como indivíduos sociais.

Com amor,
Ángel

version en español

English version

História de um Ser…

version en español

English version

Hoje te conto a história de um ser em estado alterado que vivía no alto de uma colina e cantava odes ao vento. Acalmava seu ser o intenso entendimento de que é sua expressão que o enche de amor. Já entendida a matéria, percebeu que quando o fazia, circulava sua energia e o punha em estado de alegria e plenitude.

Este é o relato de uma dinâmica fácil e prática, de como nos transformamos revivendo os momentos motivacionais simples, que sempre temos carregado em nosso coração. Quando fazemos o que nos nasce, do coração, elevamos nossa frequencia vibratória de paz, entramos em um estado de fluxo e reconexão com nós mesmos e tudo o que existe ao redor.

Fazendo coisas simples como cantar, rir, cozinhar, compartilhar, ler, escrever, ou qualquer outra coisa que façamos com amor, conseguimos sentir novas dimensões das mesmas situações e perceber novos aspectos das mesmas pessoas. É maravilhoso perceber como simples ações inclusivas podem expandir nossa percepção e ensinar-nos que sempre há outras maneiras de canalizarmos a energia, como direcionando-a para construirmos hábitos que nos façam sentir-nos mais conectados com tudo e todos ao nosso redor.

Façamos uma lista de tudo o que nos afaste de estarmos tranquilos e outra de tudo o que nos gera paz. Tornemos hábitos diários todos os que nos conectem com a fluidez do momento presente e comecemos a exercitar a expressão desde nosso coração (integridade, coerência, transparência e respeito) (clique aqui para ler sobre empoderarmos hábitos).

Com amor,
Ángel

version en español

English version

3 dicas para desapegar da visão limitante que temos de nós mesmos

version en español

English version

O primeiro passo para termos um relacionamento saudável com nós mesmos é o RESPEITO, para isso temos feito as 3 perguntas para transformarmos o relacionamento interior (clique aqui para ler o texto completo). O segundo passo é NOS DESAPEGARMOS, deixar de nos identificarmos com a imagem que os demais têm de nós e com a possível imagem errada que podemos ter de nós mesmos.

Quando nos definimos parece que chegamos ao limite onde não há nada por mudar ou melhorar porque simplesmente assim somos e estamos. É uma maneira de dizer a nós mesmos que estamos destinados a isso. Por este motivo é muito importante que avaliemos conscientemente as definições e procuremos um jeito de transformá-las, pois isso nos faz ter esperança e aumentar a confiança em nós mesmos.

Hoje vamos seguir umas dicas práticas para desapegarmos da visión limitante que temos de nós mesmos:

  1. Decidir o que queremos transformar (clique aqui para ler sobre decidirmos por convicção).
  2. Procurar situações em que possamos exercitar a mudança.
  3. Focar nossa energía nas novas ações até que se tornem hábitos (clique aqui para ler sobre hábitos construtivos).

Em cada definição que encontramos sobre nós há um potencial de transformação, então hoje vamos começar com um aspecto e trabalhar nele até que consigamos integrá-lo à nossa vida. Nossa nutrição (clique aqui para ler sobre nutrição consciente), nossa comunicação, nossa atividade física, nossa respiração? Agora é o momento para começarmos.

Podemos ser o que quisermos, da maneira mais transparente e íntegra possível.

Com amor,
Ángel

version en español

English version