Arquivo da tag: dieta

3 perguntas para desapegar de crenças alimentares

version en español

English version

Agora que seguimos os 4 passos para expandir a consciência nutricional (clique aqui para ler sobre a expansão da consciência nutricional) podemos focar na importância de trabalharmos o DESAPEGO.

Temos tido os mesmos hábitos por muito tempo, algumas vezes sem saber exatamente o porquê e outras pensando que o que consumimos é “bom para a saúde“. Graças ao exercício da consciência podemos perceber que cada corpo reage de maneira diferente, assim como as pessoas reagimos de maneiras diferentes a uma mesma situação.

O corpo é sábio, muitas vezes essa sabedoría começa no mesmo momento em que vemos ou comemos algo. A ideia de uma nutrição consciente é saber quais dos alimentos dos que gostamos, e nos fazem bem, têm mais nutrientes, para assim enriquecer nossa dieta y transformá-la numa fonte de energía mais eficiente.

A partir de agora, o convite é para que desapeguemos de nossas crenças sobre a alimentação para que possamos abrir nossas mentes à ideia da nutrición. Façamos 3 simples perguntas:

  1. O quê comemos só porque dizem que é bom para a saúde?
  2. É realmente bom para nós?
  3. Curtimos seu sabor e nosso corpo reage bem quando comemos isso?

Criemos hábitos baseados na integração do conhecimento científico e de nossa sabedoría natural (clique aqui para ler sobre micronutrientes e renegeração celular). Atualmente minha dieta está focada no consumo de frutas, frutos secos, sementes e grãos, com alto conteúdo de micronutrientes. E sua dieta? O quê come todo dia e por que come isso?

Com amor,
Ángel

version en español

English version

Micronutrientes Parte 1: Nutrindo Mais Comendo Menos

version en español

English version

Precisamos entender que nosso corpo funciona como um sistema integrado, e que nossa saúde deve ser construída minuto a minuto com decisões mais conscientes para nos reconectarmos ao nosso corpo, e tudo o que isso significa, quando realmente queremos aumentar nossa energia e nossa saúde no presente.

Micronutrientes são nutrientes que o corpo necessita em pequenas quantidades para funcionar corretamente. Neste grupo, encontramos vitaminas e minerais, que podem ser encontrados em maiores quantidades e com melhor nível de absorção, e em menor volume de alimentos, em alimentos funcionais. Como já limos antes, o intestino é o lugar onde ocorre a absorção de nutrientes (clique aqui para ler o artigo completo sobre a absorção de nutrientes), é por esta razão que é muito importante que aprendamos a perceber o que nosso corpo quer nos transmitir. Através das reações químicas que ocorrem, como a falta, o aumento ou o equilíbrio de nossa energia, as dores ou o fluxo normal, as alterações nas nossas funções vitais normais, tudo isso é a resposta a uma reação química dentro do nosso organismo (que, claramente, também está relacionado ao nosso estado mental e emocional – clique aqui para ler o artigo de sublimação de nossa experiência mental, emocional, criativa, sexual e sentimental).

Cada uma das células em nosso corpo precisa de uma quantidade apropriada de água, que para ser retida precisa da presença de minerais, hoje em dia precisamos incluir em nossa dieta o consumo de sal marinho ou do Himalaia para mineralizarmos a água que consumimos e ajustarmos os níveis de iodo em nosso corpo (clique aqui para ler sobre a importância do iodo na dieta). Uma quantidade apropriada de gorduras saudáveis é necessária para o corpo realizar alguns processos específicos de assimilação e transporte de vitaminas essenciais (clique aqui para ler sobre gorduras saudáveis). Todos os processos em nosso corpo estão conectados para nos trazer saúde, por isto é importante que comecemos a investir em aprendermos a adaptarmos a dieta que melhor se adapte a cada um de nós, lembremo-nos de que somos todos diferentes e, por isso, é necessário que demos mais atenção ao nosso corpo e integremos alimentos de maior valor nutricional à nossa dieta. Aqui temos alguns alimentos que são excelentes fontes de nutrientes e que podemos incluir na nossa dieta para tornarmos nossos próprios processos corporais mais eficientes:

  1. Linhaça: esta semente contém macronutrientes como gorduras saudáveis (Omega 3 e 6), carboidratos, proteínas vegetais e grande quantidade de fibra solúvel. Dos micronutrientes contém vitaminas E, B1, B2, B3, B5. B6 e minerais como magnésio, cálcio, potássio, fósforo, sódio, ferro, zinco e selênio. A melhor maneira de consumi-lo é deixar 20 gramas de sementes de molho (pelo menos 24 horas) para iniciar o processo de germinação e potencializar seus nutrientes, lavá-las para remover o excesso de ácido fítico e consumi-las, batidas no liquidificador, com uma fruta de nossa preferência.

  2. Amêndoa: este fruto seco contém macronutrientes como gorduras saudáveis (Omega 3 e 6), carboidratos, proteínas vegetais e grande quantidade de fibra solúvel. Dos micronutrientes contém vitaminas C, E, B1, B3, B6, B9 e minerais como magnésio, cálcio, potássio, fósforo, sódio, ferro, zinco e selênio. A melhor maneira de consumi-lo é deixar 20 gramas de sementes de molho (pelo menos 24 horas) para iniciar o processo de germinação e potencializar seus nutrientes, lavá-las para remover o excesso de ácido fítico e consumi-las com uma fruta de nossa preferência, podem ser batidas no liquidificador também.

  3. Brócolis: este vegetal contém mais nutrientes que os outros, pois possui grandes quantidades de vitamina C, ácido fólico e betacaroteno, potássio, cálcio, ferro, selênio e vitamina E. A melhor maneira de consumi-lo é cozinhando-o com o que formos comer, como com o arroz, para melhorar a absorção de seus nutrientes.

  4. Azeite de Oliva: este azeite contém vitamina E e vitamina K, o que o torna benéfico para nosso sistema circulatorio e para manter uma correta coagulação. A melhor maneira de consumi-lo é usarmos 2 colheres de sopa, a temperatura ambiente, só ou como acompanhamento de alguma comida. É importante que escolhamos azeite em garrafa de vidro escuro para mantermos os nutrientes e a qualidade do mesmo e evitarms a oxidação pela luz solar.

Sejamos mais conscientes sobre os motivos pelos quais consumimos os alimentos que consumimos. Muito do que comemos pode ter sido o hábito inconsciente de muitas pessoas por muitas gerações, mas hoje temos muita mais informação e alimentos disponíveis para aprendermos a escolher o que realmente nos faz bem. Montemos dietas com alimentos mais ricos em nutrientes e vejamos nossa energia aumentar em todas as áreas de nossa vida.

Com amor,
Ángel

version en español

English version