Nutrição Consciente

Necessidades Nutricionais: Adaptação ao Contexto

 

version en españolEnglish version

Na medida em que a humanidade evolui, os hábitos alimentares vão transformando-se.  O leite e a carne tem sido alimentos necessários, sobre tudo, para os povos que tem vivido como nómades (geralmente de sangue tipo B) e para os povos que têm se dedicado à caça, seja por falta de conhecimento para trabalhar a terra ou pela infertilidade do solo em que habitam (geralmente de sangue tipo O), mas, são realmente necessários os laticínios e cárneos para nossa nutrição? A resposta é: NÃO. O único motivo pelo que estes alimentos ainda são relevantes é pela presença de vitamina B12 que, fácilmente, se pode encontrar no consumo ovos cozidos. Fora isso, a vitamina B12 é conservada no fígado.

Atualmente, temos uma estabilidade maior que nos permite desenvolver a agricultura em nossos solos férteis e transportar os produtos naturais a vários lugares, posibilitando o consumo dos nutrientes de que realmente precisamos. Por este motivo é possível que nos adaptemos ao contexto para que realmente demos a nosso corpo o necessário para nutrirmos nossas células e permitirmos que haja mais energia para mantermos nossa saúde (clique aqui para ler sobre micronutrientes para regeneração celular), desta maneira, e associando a nutrição a hábitos saudáveis como aprendermos a respirar, a permitirmos fluir as emoções, a dormirmos o suficiente e a fazermos exercícios físicos (clique aqui para comprar o livro 7 Níveis Para o Empoderamento Pessoal, que traz exercícios práticos para integrarmos e criarmos uma vida mais íntegra e saudável) aumentamos nossos níveis de energia e aprendemos a nos relacionarmos de uma maneira mais consciente com nosso próprio corpo.

Agora que temos a opção de adquirirmos hábitos que constroem nossa nutrição, é importante que comecemos a buscar conhecimento, a experimentarmos com nosso próprio corpo (clique aqui para ler sobre expandirmos a consciência nutricional) e a encontrarmos a maneira mais apropriada para nos nutrirmos. Ao fazermos isto, estamos apoiando a construção de um consumo mais consciente e pacífico (nosso corpo, os animais e o planeta agradecem). Estas são algumas ações que podemos tomar para percebermos a resposta de nosso corpo:

  1. TESTE DE RESTRIÇÃO: Escolhermos um alimento para ser evitado durante uma semana, primeiro a carne de bói, depois a de porco, depois o frango, depois o peixe (de acordo com cada caso) e depois o leite, os queijos, os embutidos, etc. Este mesmo teste é bom para ser feito com todos os alimentos que consumimos, já que cada organismo reage de maneira diferente e a ideia é encontrarmos os alimentos que realmente fornecem energia porque nos nutrem.

  2. TESTE DE CHEIRO E SABOR: O sabor da comida varia muito, sobre tudo quando existe a tendência a misturarmos a comida com outros alimentos, o que é muito comum. A proposta é consumir cada um dos alimentos por separado, sem sal, sentir se realmente gostamos do cheiro e do sabor deles sozinhos, crus e cozidos.

Entendendo como funciona nosso corpo e aprendendo a dar-lhe o que necessita, percebemos que podemos manter um nível alto de energia durante o dia comendo menos (clique aqui para ler sobre comer menos nutrindo mais) e devolver a saúde e integridade a nossos órgãos desde a mesma célula (clique aqui para ler sobre a importância das proteínas para as células).

Com amor,
Ángel

Contato:

Email: empowered.angel@outlook.com
WhatsApp: +57 305 3715480

Artigos PEAhttps://pt.empoweringangle.com/category/angel/
Linkedinwww.linkedin.com/in/empoweredangel
Instagramhttps://www.instagram.com/empowered.angel/
Facebookhttps://www.facebook.com/empowered.angel0/

version en españolEnglish version

Comente