exemplo animal

Mais Exemplo, Menos Palavras

version en españolEnglish version

Como seres humanos, temos percebido a incoerência que se faz presente quando não sabemos o que queremos e, ainda assim, buscamos uma falsa segurança controlando tudo ao nosso redor. Desse jeito, adquirimos mecanismos para transmitirmos uma imagen, diferente da que somos, aos demais e justificamos a hipocrisia do que dizemos aos outros que é o correto, mas que não fazemos porque já somos desse jeito e não podemos mudar.

Todos podemos nos transformarmos, é uma decisão, o fato de que nos pareça normal que haja doenças, infidelidade, desrespeito e divisão não quer dizer que não haja outra possibilidade de que sejamos uma versão diferente, consciente e íntegra de nós mesmos. Isto requer muita reflexão, observação, transparência e exercício de nossa vontade, alinhada ao propósito de integração, mas é possível, e para isto devemos ser o exemplo do que queremos no mundo. Vejamos alguns aspectos para exercitarmos ser o exemplo que queremos do mundo:

  1. Transparência: dizemos que mentir é ruim, mas, justificamos nossas mentiras? observando a decisão que tomamos ao respondermos, podemos perceber como reagimos para podermos transformar a forma em que nos expressamos. Podemos responder com a verdade ou não responder, é sempre nossa decisão.(clique aqui para ler o texto para exercitarmos a transparência)

  2. Neutralidade: dizemos que criticar e julgar é ruim, mas, justificamos as críticas e julgamentos que emitimos? sempre temos a opção de focarmos em nosso próprio processo, de construirmos, de trabalharmos, de nos nutrirmos, então, é necessário destinar nosso tempo e energia para julgarmos ou criticarmos? Não, e o tempo e a energia que economizamos, tanto em críticas positivas quanto negativas, é bem-vindo em nossos projetos pessoais (clique aqui para ler o texto sobre criar hábitos constructivos)

  3. Respeito: dizemos que desrespeitar é ruim, mas, justificamos a falta de respeito que temos com nós mesmos e com tudo ao redor? a aceitação e o conhecimento nos permitem aprendermos a nos respeitarmos desde o básico que é a nutrição de nosso corpo, de nosso relacionamento com nós mesmos e de nossa relação com o mundo e com os demais.(clique aqui para ler o texto de reflexão sobre o respeito).

  4. Coerência: dizemos que é importante sermos coerentes, mas, somos coerentes entre o que sentimos, pensamos, dizemos e fazemos?, lembremos-nos de que a coerência só se alcança através da integridade e do autoconhecimento, enquanto estivermos cultivando a segregação continuaremos sendo incoerentes, pois o único que realmente queremos é construirmos paz desde dentro, poder viver a integração de nossa verdade com a verdade dos demais, alinhada ao contexto (clique aqui para ler o texto sobre a coerência).

Façamos o exercício de escutarmos mais e falarmos menos, observemos e transformemos em nós tudo o que percebemos do mundo, que não nos agrada, em algo que nos motive a despertar todo dia e continuar nossa jornada, para construirmos o mundo que queremos.

Com amor,
Ángel

Contato:

Email: empowered.angel@outlook.com
WhatsApp: +57 305 3715480

Artigos PEAhttps://pt.empoweringangle.com/category/angel/
Linkedinwww.linkedin.com/in/empoweredangel
Instagramhttps://www.instagram.com/empowered.angel/
Facebookhttps://www.facebook.com/empowered.angel0/

version en españolEnglish version

Comente