Conectando-nos Com Nosso Coração

version en español English version

No artigo mais recente, aprendemos sobre como sublimar nossa experiência através do nosso mundo mental, criativo, sexual e emocional (clique aqui para ler sobre sublimação), e estas questões estão totalmente ligadas à nossa conexão pessoal com o nosso coração.

Nosso coração é nosso guia, sempre que vivemos em calma, fazemos o que nos traz paz, nos concentramos em nossos talentos e permanecemos em nosso próprio estado de fluxo, nos sentimos naturalmente alinhados com a vida mesma. No momento em que nossa mente se alinha com a nossa verdadeira natureza e desejo, aqueles que respeitam os nossos próprios limites e sonhos através da calma das nossas interações, vivemos uma vida mais coerente, porque é o momento de grande satisfação que existe como uma consequência da aceitação total de quem somos. Para aprendermos através do amor, é necessário que nos conectemos com o nosso coração e continuemos colocando toda nossa intenção nisso (pensamento, sentimento e expressão).

Para nos conectarmos com nossos corações, é importante que possamos trabalhar nossa própria coerência para alcançarmos nossa auto-suficiência pessoal. A coerência pessoal é a consequência de uma avaliação consciente do desejo do nosso coração, do que realmente gostamos de fazer, para podermos integrá-lo no presente e no nosso contexto, e construirmos bases sólidas para o nosso desenvolvimento em todas as áreas da nossa vida. Cada momento, e cada passo com mais consciência e certeza, nos fortalece de dentro para fora, fazendo com que se potenacialize nosso poder pessoal, tornando-nos autossuficientes, através de nosso próprio talento, e contributivos para nos conectarmos com os talentos dos outros, para construirmos uma sociedade consciente e sustentável.

Ententendo que a nossa realidade vivida do coração é a medida apropriada entre receptividade e atividade em todas as áreas da nossa vida, podemos nos fazer as seguintes perguntas para nos conhecermos um pouco melhor e agirmos de acordo:

  1. Com que tipos de seres fluimos?, com jovens, com cães, com plantas, com crianças, com seres microscópicos, com nossa familia, com nosso par, com nossos amigos, etc. Há muitas opções que podemos considerar para entendermos um pouco mais sobre o que trazemos em nosso coração como talento principal.

  2. Quais são as atividades com as que mais fluimos durante o dia?, há muitas atividades com as que podemos fluir como cozinhar, cantar, limpar, cuidar, escrever, ler, viajar, etc. É importante que saibamos realmente que é no que fluimos fazendo, essas atividades nas que perdemos a noção do tempo porque nos conectamos totalmente com elas, sobre tudo as integradas aos tipos de seres com os que mais fluimos.

  3. O que poderíamos fazer que nos gere ingressos e nos permita fluir? Aqui necessitamos integrar tudo com o que fluimos e colocá-lo no contexto em que nos encontramos. Por exemplo, se fluimos mais com as crianças e fazendo música, podemos iniciar un projeto de música para crianças no parque de nosso bairro, que, de acordo com nossa própria experiência, pode expandir-se ou permanecer onde foi estabelecido. Lembremos-nos de que tudo o que nos faz fluir pode ser remunerado, pois é um serviço que estamos prestando através de nosso talento, nossa paixão e nosso investimento de recursos para fortalecê-los.

Nosso coração só nos leva ao longo dos caminhos que conhecemos em todos os níveis, onde estamos mais conscientes do terreno em que pisamos, então sempre que tivermos uma decisão importante, respiremos profundamente e pensemos em cada uma das opções que temos calmamente, o que nos gere mais paz de espírito é o que estamos preparados para enfrentar com todas as consequências que pode gerar. Lembremos-nos de que, mesmo que não conheçamos as leis, elas aplicam em todos os momentos, vejamos as consequências que tem gerado nossas reações ao longo da vida (na área de relacionamentos de casal, de amigos, de família, do trabalho, da escola, etc.) e saibamos mais sobre as leis do lugar onde vivemos, assim podemos tomar decisões cada vez mais assertivas e construtivas para nós mesmos.

Com amor,
Ángel

Contato:

Email: empowered.angel@outlook.com
WhatsApp: +57 305 3715480

Linkedinwww.linkedin.com/in/empoweredangel
Instagramhttps://www.instagram.com/empowered.angel/
Facebookhttps://www.facebook.com/empowered.angel0/

version en español English version

9 Comments

  • […] a seguir o nosso coração (clique aqui para ler o artigo completo sobre a conexão com nossos corações) é uma das formas mais efetivas para que entendamos que somos valiosos como somos e que, se […]

  • […] que nos lembremos de que a plenitude está no momento presente, e que o desejo do coração (clique aqui para ler o artigo para nos conectarmos com nosso coração) nos leva a agirmos aqui e agora, dando passos firmes e seguros para construirmos a partir de […]

  • […] gestos, ações e palavras o que sentimos, com a intenção de construirmos desde nosso coração (clique aqui para ler o artigo sobre a conexão com nosso coração). Lembremos-nos de tornarmos nossa intenção coerente, alinharmos sentimento, pensamento, palavra […]

  • […] Cada um de nós usa os recursos que possui de acordo a seu contexto cultural e familiar, sejamos mais compreensivos e compartilhemos outras perspectivas, pois apenas cada um de nós pode conectar-se com a medida apropriada das polaridades em nossa vida, seguindo nosso coração, através da integridade (clique aqui para ler sobre conectarmos com nosso coração). […]

  • […] Liberando-nos dos medos e crenças que têm nos mantido longe de tudo aquilo que nos permite fluir e nos sentirmos respeitados, conseguimos nos reconectar para construirmos uma realidade mais coerente com nossa essência, o processo pode demorar, mas é importante decidirmos dar o primeiro passo. É necessário nos conectarmos com nossa voz interior, essa voz que nos leva a fazer o que nos integra, o que faz com que nos sintamos completos (clique aqui para ler sobre conectarmos com nosso coração). […]

  • […] Freeing ourselves from the fears and beliefs that have kept us away from everything that makes us flow and feel respected, we reconnect to ourselves to build a more coherent reality, more aligned to our true nature, the process may take time, but it is important that we dare to take the first step. It is necessary to connect to our inner voice, that voice that leads us to do what really integrates us, making us feel complete (click here to read about connecting to our heart).. […]

  • […] Definir o que queremos de um relacionamento é essencial, pois nos permite tomar decisões por convicção (clique aqui para ler sobre decidirmos por convicção) con respeito aos relacionamentos que permitimos em nossa vida. Em meu caso, neste momento priorizo a liberdade de ser quem sou, e de permitir ao outro ser quem é, e a paz para construirmos um relacionamento desde a integridade, a transparência e o respeito, assim deixo minhas emoções fluir para sentir com meu coração o propósito de cada relação (clique aqui para ler sobre conectarmos com o coração). […]

  • […] ESTADO DE FLUXO: Permanecemos neste estado enquanto fazemos tudo de coração, cada situação que se apresenta podemos usá-la como uma lição para transformarmos o que estamos fazendo, seja ajustando o rumo ou aprendendo algo que nos permita expandir nossas atividades. Por exemplo, no ambiente de trabalho, fluindo em nossas tarefas, podemos encontrar novas ferramentas para agilizarmos o processo e transmiti-las a nossos colegas. Nos relacionamentos alguma situação, ou conversa, pode levar a conhecermos melhor à outra pessoa para melhorarmos a dinâmica da vida a dois. Sempre é possível aprendermos, basta querermos (clique aqui para ler sobre conexão com o coração). […]

  • […] maneira, ou avaliaríamos se a idea está alinhada a nossos valores, princípios e coração (clique aqui para ler sobre conexão com o coração)?, refletiríamos sobre o benefício real que traz ao entorno, ou nos convenceríamos com nossa […]

Comente